Fonte Escola

323

Desde o segundo semestre de 2006, através da parceria com a empresa Água Mineral Embu, a SEAE realiza inúmeras atividades gratuitas de educação socioambiental na Fonte dos Jesuítas, fornecendo apoio pedagógico aos educadores, complementação das atividades escolares e sensibilização com um olhar crítico voltado para as questões ambientais. Recebe grupos, entidades, escolas municipais, estaduais e particulares de Embu e dos municípios vizinhos.

Em 2008, as atividades de Educação Socioambiental foram reformuladas e ampliadas com o Programa Fonte Escola. Utilizando uma metodologia interdisciplinar, vivencial e lúdica, baseada nos conceitos da Agenda 21, o programa promove a sensibilização ambiental a partir do contato com a natureza, brincadeiras ecológicas, histórias, imaginário, olhar científico e artes num ambiente natural, fragmento de Mata Atlântica, onde é possível fazer Trilha na Mata, visitar o minhocário, o viveiro de nativas da Mata Atlântica, a cachoeira e até conhecer um Fontanário.

Desde a criação do programa, mais de sessenta escolas de Embu e região frequentam regularmente a Fonte dos Jesuítas participando das atividades nos Roteiros Temáticos. A vivência com essas escolas identificou necessidades e interesses dos educadores para aprofundar conceitos e metodologias de Educação Ambiental. Também foi evidenciado o interesse para a implementação de hortas nas escolas, como forma de produzir alimentos saudáveis e como espaço educativo. A partir dessa constatação, somado aos diagnósticos realizados anteriormente, através do projeto Agenda 21, e conversas com representantes de escolas, Secretaria do Meio Ambiente e de Educação, foi elaborado o Projeto Hortas Escolares em 2009. Mais uma novidade surge em 2010, o Selo Escola Amiga da Terra. Assim, o programa vem atuando em três áreas distintas:

  • Roteiros Temáticos – São atividades de campo aprofundadas com temas específicos de extrema importância para a preservação do meio ambiente, adequando linguagem e atividades às faixas etárias e objetivo do grupo visitante.
  • Hortas Escolares e Consultorias Solidárias – Trata-se de um curso de Formação em Agroecologia para Educadores com oficinas teóricas, práticas e participativas voltadas para a implantação de hortas escolares. As Consultorias Solidárias são assistências técnicas às escolas participantes do curso para a implementação das hortas.
  • Selo Escola Amiga da Terra – É um processo de Certificação Verde às escolas que envolve Formação Ecológica de Educadores, implantação de Salas de Aula ao Ar Livre e diversas Práticas Sustentáveis na escola.

Assista aos vídeos sobre o Programa:

Projeto Fonte Escola – Parte 1
Projeto Fonte Escola – Parte 2
Projeto Fonte Escola – Parte 3
Projeto Fonte Escola – Parte 4
Projeto Fonte Escola – Parte 5


Prêmio Fundo Itaú de Excelência Social (FIES 2010)

No final de 2010, o Programa Fonte Escola recebeu uma premiação no valor de R$ 120.000,00, pelo Fundo Itaú de Excelência Social (FIES 2010), na categoria Educação Ambiental – Formação de Educadores. Essa premiação é um importante reconhecimento pelos resultados e qualidade das atividades praticadas pelo Programa no Curso Hortas Escolares e no Projeto Selo Escola Amiga da Terra. Foram mais de 1.300 projetos inscritos em todo o Brasil.

A premiação possibilitou a ampliação e o fortalecimento do Programa em 2011, principalmente na capacitação de educadores multiplicadores em agroecologia, permacultura, práticas sustentáveis e metodologias participativas com ênfase na Horta Escolar e na adoção de salas de aula ao ar livre, ampliando os conhecimentos e percepções sobre os elementos naturais, e nas atividades de assistência técnica e pedagógica aos educadores e às escolas.


Lançamento do livro Horta Escolar

No dia 8 de novembro de 2013, foi lançado o livro “Horta Escolar: uma sala de aula ao ar livre”, organizado por Amanda Frug, coordenadora do Programa Fonte Escola, em parceria com outros autores.

O livro compartilha as experiências com hortas escolares vivenciadas por educadores, gestores, funcionários e alunos de escolas municipais de Embu das Artes, que participaram das formações em agroecologia oferecidas pelo Programa Fonte Escola, da Sociedade Ecológica Amigos de Embu, no período de 2009 à 2011.

Os depoimentos dos diversos “atores” trazem à tona informações e reflexões importantes para a implantação e manutenção de hortas escolares como proposta de espaço pedagógico, além da produção de alimentos saudáveis. Aborda princípios e aplicações da Permacultura e da Agroecologia, descrevendo técnicas ecológicas de cultivo de alimentos e manejo de áreas verdes nas escolas públicas.

Conheça o conteúdo do livro no Centro de Mídia do site da SEAE.

O Programa Fonte Escola continua sendo desenvolvido, agora pela Humanaterra (www.humanaterra.com.br), em sua sede localizada em São Lourenço da Serra e conta com o apoio da Sociedade Ecológica Amigos de Embu.

Sítio Humanaterra:
Estrada do Vargedo, s/n (acesso pelo Km 312 da Régis Bitencourt sentido São Paulo), São Lourenço da Serra – SP – Fones: (11) 4686-2884 / 99933-3883 / 99681-8249
E-mail: contato@humanaterra.com.br