Horta no Jd República

6

 

Em Embu das Artes, Jardim Nova República e São Marcos recebem oficina de horta

O projeto contempla um novo bairro a cada semana

horta no Jardim Nova República
horta no Jardim Nova República

No município de Embu das Artes, situado na região oeste da Grande São Paulo, um projeto ambiental, realizado pela Sociedade Ecológica Amigos de Embu (SEAE), Secretaria do Planejamento e Meio Ambiente, da prefeitura e Fundo Social de Solidariedade, leva oficinas de horta em garrafa pet para os bairros da cidade.

Os bairros Jardim Nova República e São Marcos foram os contemplados nos dias 27 de julho e 03 de agosto, onde compareceram cerca de 40 pessoas, entre jovens e adultos.

horta em escola do São Marcos

Um dos principais objetivos das oficinas é incentivar e capacitar os cidadãos a produzirem temperos, hortaliças e flores em pequenos espaços. O projeto “Horta Pet” é realizado há cerca de dois anos pela SEAE em sua sede e escolas da região. Desde junho deste ano, a convite da prefeitura, leva o projeto para novas comunidades.

O Jardim São Marcos recebeu o evento pela segunda vez, sendo a primeira na Associação Amigos do Bairro e a segunda para alunos da Escola Municipal José Carlos Gonçalves.

Os participantes receberam um conjunto com muda, garrafa e terra e seguiram as orientações para montar uma pequena horta vertical, que pode e ser disposta em muros e paredes.

OS BAIRROS

Os dois bairros ficam na zona leste de Embu das Artes e possuem características de forte adensamento populacional e poucas paisagens verdes.

O Jardim São Marcos tem localização privilegiada, fica próximo ao Parque da Várzea, inserido em área de preservação ambiental, cedida pelo Estado de São Paulo para compensar impactos causados pelas obras do Rodoanel.

Já o Jardim Nova República fica próximo ao Jardim Casa Branca. Uma volta pelas ruas entrega uma área extremamente cinza, com ausência de árvores e praças. Do mapa, sobressai a ausência de parques e praças.

O projeto de horta nos bairros significa incentivo à beleza paisagística e aumento do verde, além de ser alternativa de alimento orgânico para as famílias.